28/09/2018

11 passos para planejar sua aposentadoria:


11 passos para planejar sua aposentadoria:

Apesar de essencial, o planejamento previdenciário não é algo que a população anseie fazer, entretanto, se houver o desejo de algum dia parar de trabalhar para aproveitar a vida, uma boa poupança é de suma importância.

Para isso, é necessário fazer um bom planejamento e assim, determinando como poupará para a aposentadoria, terá um futuro prazeroso e livre de preocupações. Veja abaixo alguns passos importantes para garantir um futuro rentável:


1. Analise qual será o seguro social:
o valor do Seguro Social é baseado em seus ganhos pré-aposentadoria. A cada ano lhe será fornecido um folheto indicando o pagamento mensal projetado.

2. Determine quanto dinheiro poupar: as plataformas digitais disponibilizam centenas de calculadoras online que podem ser usadas para determinar quanto dinheiro precisará ser poupado, basta que você decida a idade em que deseja se aposentar. Há também empresas especializadas em planejamento previdenciário que podem fazer o estudo completo do seu caso e orientá-lo sobre qual a melhor maneira de contribuir ou até mesmo qual plano privado é a melhor opção.... A Aposente-se Bem é uma delas e seu único trabalho será fornecer os dados necessários para o estudo, pois o restante nós faremos por você.

3. Descubra o montante necessário para complementar a renda: esse cálculo pode ser feito através do valor apresentado pela calculadora online que deverá ser dividido pelo suposto número de anos de vida que você terá. O resultado final demonstra a renda anual e quanto você precisará complementar. O valor pode parecer alto, mas isso é devido á inflação.

Observação: para descobrir a quantidade necessária por ano, subtraia os ganhos anuais da Previdência Social.

4. Analise as opções de investimento: pessoas mais jovens podem garantir um futuro muito mais rentável através de investimentos maiores em mercados de ações. Estima-se que cerca de 60 a 70% da contribuição mensal, enquanto que pessoas mais velhas o aconselhável é entre 30 e 40%, pois o tempo para recuperar eventuais perdas é menor.

5. Verifique com os bancos quais são as espécies de aposentadoria oferecidas: os bancos costumam oferecer contas individuais e planos de aposentadoria. Sempre é bom verificar as possibilidades para só então tomar uma decisão.


6. Verifique os planos de aposentadoria disponíveis em seu local de trabalho:
diversas são as possibilidades de planos oferecidos e compatíveis com o do seu empregador, portanto verificar as modalidades é uma boa maneira de garantir segurança em sua aposentadoria.

7. Explore as opções: em uma economia incerta, o ideal é variar nas escolhas e investir em diversas opções, seja no campo imobiliário, de moeda estrangeira, dentre outros.

8. Escolha uma boa apólice de seguro: é interessante escolher uma boa apólice de seguro para você e seu cônjuge, eis que caso algum de vocês venha a óbito, o outro terá algum dinheiro guardado para auxiliar na renda.

9. Fazer um bom plano de saúde: é importante uma boa cobertura de planos de saúde, principalmente para quem pretende se aposentar cedo. Quanto mais velho, mais caros eles vão ficando. Por isso, analise bem quanto você precisará para ter um bom plano de saúde quando for mais velho.

10. Considere a criação de um planejamento: é importante criar um planejamento de aposentadoria no papel, assim conseguirá delinear seus objetivos e observar os investimentos e alterações que deverão ser feitos na medida em que o tempo passa.

11. Contrate um consultor financeiro: consultores são especialistas na área e serão capazes de ajudá-lo a poupar e aplicar da maneira correta.



Compartilhe: