04/12/2019

Acordar cedo é bom para a saúde?


Certamente você conhece alguém que oito horas da manhã já chegou no escritório ou no local de trabalho prontinho, banho tomado, perfumado e bem humorado com o fato de ter acordado às 5 horas da manhã para fazer 1 hora de esportes pesados antes de começar o dia, depois de já ter comido granola com iogurte e tapioca. Você mal teve tempo para um café preto rapidinho, em pé mesmo, e está lá meio desalinhado com aquela cara de sono.

Dá uma sensação de frustração, de não conseguir nunca chegar onde o colega está.

Não desanime. Acordar cedo faz bem para quem tem facilidade para acordar cedo. Não adianta brigar com você mesmo. No máximo, você pode “brigar” com seus antepassados genéticos, pois essa é uma herança que muito provavelmente está em nosso DNA.

De fato, há pessoas que são mais produtivas pela manhã. Outras à tarde e muitas outras à noite e de madrugada. O grande problema é que a sociedade e os empregadores em geral valorizam quem acorda cedo. Mas nem todos são assim.

A primeira pergunta, portanto, deve ser dirigida a você mesmo: em qual hora do dia você se sente mais produtivo? Quando está de férias, qual é o seu ritmo normal para dormir e acordar?

Isso vale para adultos e também para as crianças. Por isso, é importante conhecer o horário mais produtivo do seu filho e quando houver opção adaptá-lo a uma escola no período da manhã ou da tarde.

Adolescentes naturalmente têm um hábito mais vespertino. Não conseguem dormir cedo e têm uma enorme dificuldade para acordar pela manhã. Por isso, muitas escolas americanas estão realocando os horários de início das aulas e começando mais tarde.

O mais importante é você se conhecer e se o seu horário de trabalho não “bater” com seu horário biológico, tente dar um “empurrãozinho” na sua natureza. Dá para fazer isso.

Em primeiro lugar, veja quantas horas de sono são importantes para te deixar bem no dia seguinte, sem ficar um sonâmbulo acordado. Faça a conta para saber a que horas você deve dormir. Coloque nessa conta: o tempo de um café da manhã, meia hora para uma atividade física qualquer, o tempo do seu banho e o transporte até o trabalho.

Não venha com desculpas que atividade física não dá tempo. Nada é impossível: caminhar rapidamente no seu quarteirão já é uma atividade física. Tudo isso – e principalmente a atividade física – vai te fazer “acordar” melhor e ficar mais desperto e produtivo durante o dia.

Acordar cedo faz bem para quem, geneticamente, está predisposto a acordar cedo.

Para tantos outros, há mesmo que dar uma forçadinha de barra, pois a vida produtiva de trabalho faz muita gente ter que estar no pique às oito horas da manhã. Sorte e sucesso nas suas decisões.

Fonte: Bem Estar - G1


Compartilhe: