18/12/2019

Como organizar as tarefas domésticas em família?


Aprender a profissionalizar a organização da casa reduz o estresse e aumenta a produtividade de cada membro da família naquelas tarefas que lhe cabem.

Cuidar da organização de uma casa é muito mais do que somente mantê-la limpa. Uma casa bem organizada também deve ser o ambiente ideal para o descanso e conforto da família. Deve significar abrigo, segurança e amor. Isso sim é um verdadeiro lar. Quando encontramos um ambiente agradável ao chegar em casa depois de um dia cansativo de trabalho, o estresse é reduzido e a satisfação de estar em família aumenta.

Em entrevista ao site espanhol Hacer Familia, Mary Hunt, presidente da Home Advantaje Plus, empresa fundada nos Estados Unidos, onde são oferecidos cursos para aprender técnicas e habilidades que profissionalizam o lar, explica que “toda a estratégia se baseia no fato de que o trabalho em casa é cíclico e, portanto, você pode planejar, delegar, organizar, dirigir e controlar”.

Segundo a especialista, aprender a profissionalizar a organização da casa reduz o estresse e aumenta a produtividade de cada membro da família naquelas tarefas que lhe cabem. Para ajudar as famílias, Mary escreveu um guia com uma série de dicas para criar uma casa inteligente. Confira algumas das ideias:

1. Descubra o seu estilo pessoal e o do seu cônjuge, tanto na decoração quanto na organização. Fale sobre como todo mundo gosta de ter a casa, o que os preocupa e estressa. Em seguida, divida as tarefas domésticas.

2. Converse também com seus filhos sobre o que os deixa mais nervosos quando chegam em casa, o que mais os estressam. Isso ajudará a pensar sobre o que é prioridade na organização.

3. Controle o seu perfeccionismo. Faça o que deve ser feito em casa com dedicação e carinho, mas lembre-se que um lar é habitado por pessoas e que elas não são perfeitas. Perfeição não combina com a realidade de uma casa de família. Organização, sim.

4. Tenha uma atitude positiva em relação às tarefas domésticas e descubra o lado divertido, ou pelo menos, mais tranquilizador de tudo isso. Não reclame do trabalho de casa.

5. Estabeleça metas realistas, sem querer fazer tudo agora, porque nem tudo é urgente. O segredo não está na quantidade de coisas que precisamos fazer ou no tamanho da casa, mas no ambiente que queremos criar.

6. No início de cada mês, você pode fazer uma lista das tarefas domésticas necessárias durante esse período: fazer compras a cada 15 dias, faxinas semanais, marcar consultas médicas, consertar algo quebrado, etc.

7. Cada membro da família deve ter uma tarefa e estar ciente de que a paz e equilíbrio da casa dependem de cada um e de sua responsabilidade.

8. Para realizar essas tarefas, todos precisam estabelecer sua própria rotina, para que a mãe ou o pai não precisem repetir continuamente: “Você precisa fazer isso”.

9. É importante deixar as coisas prontas na noite anterior, para evitar a correria da manhã, antes de sair de casa. Separe as roupas que você vai vestir, os livros, papéis para o trabalho, chaves no mesmo lugar, o lanche das crianças, etc. Se você cria esse hábito em casa, a tendência é que os outros membros da família façam o mesmo.

10. Evite telefonemas ou qualquer outra distração que interrompam tarefas domésticas importantes, como a hora em que você planeja discutir a lição de casa com seus filhos. Deixe o celular no silencioso e retorne depois.

11. Um horário de rotina para as noites em casa é um bom conselho para evitar o estresse.

Fonte: Gazeta do Povo


Compartilhe: