01/02/2019

INSS prepara ação para auxiliar desabrigados de Brumadinho, diz secretário


BRASÍLIA - O governo deve anunciar nesta sexta-feira uma ação do INSS para auxiliar os desabrigados da tragédia em Brumadinho. Segundo o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho , a elaboração de um documento sobre o tema foi discutida em reunião nesta quinta-feira com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Marinho não deu detalhes, no entanto, as ações que serão tomadas.

— O INSS deve fazer uma ação em relação aos desabrigados daquela região. Área de abono, benefício, alguma coisa. Não está fechada ainda, estamos conversando. Amanhã a gente vai anunciar isso — disse Marinho, ao sair da reunião com Guedes, no ministério da Economia.

O secretário disse ainda que detalhes sobre a reforma da Previdência continuam sendo discutidos. Ele disse, ainda, que não está definida a idade mínima para aposentadoria. Na quarta-feira, Guedes afirmou a prefeitos que a adoção de idade mínima de 57 anos para mulheres e 62 anos para homens era um dos estudados.

— O que o ministro falou foi que vários cenários estão sendo levados em consideração, inclusive esse (57 e 62) — afirmou o secretário.

"Timing" dos militares será definido por Bolsonaro.

Marinho voltou a dizer que os militares estarão na proposta de reforma da Previdência, mas não precisou quando as mudanças para a categoria seriam propostas:

— A questão dos militares, é que eles vão entrar. O timing quem vai dizer é o presidente.

Fonte: Jornal EXTRA



Compartilhe: